quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Concurso para o CAP da Marinha (Corpo Auxiliar de Praças) - Inscrições Abertas


A Marinha, abre com 90 vagas, para o Curso de Formação de Cabos no Corpo Auxiliar da Marinha (CAP).

As inscrições estarão abertas até o dia 10 de setembro de 2018 no endereço http://www.ensino.mar.mil.brValor da Inscrição 70,00.

Requisitos para participar do concurso: ser brasileiro nato ou naturalizado (ambos os sexos)), ter 18 anos completos e menos de 25 anos em 1º de janeiro de 2019 e ter o curso técnico de nível médio na especialidade a que concorre a vaga, informadas no Edital do concurso que compreende quatro etapas seletivas: Provas de conhecimentos gerais (Redação e Específica de conhecimento profissional)  Teste de Aptidão Física (TAF), Exames médico e Psicotécnico.

A primeira etapa, com a realização das provas, ainda não tem data definida. O candidato inscrito deverá estar atento a data conforme informado no calendário de eventos contido no Edital do Concurso.

SOBRE O CURSO:

O curso será ministrado no (CIAA) - Centro de Instrução Almirante Alexandrino/RJ, onde o aluno estudará em regime de internato durante 17 semanas até sua formação, como Cabo, para atuar na área específica de acordo com sua formação profissional. Durante sua permanência na escola, como aluno, contará com diversos benefícios como estudo e formação gratuitos,moradia, alimentação, fardamento, assistência médica e odontológica, uma infraestrutura completa com áreas de lazer, férias anuais e um salário compatível com sua condição de aluno, na faixa de um salário mínimo para atender suas despesas pessoais. Após formado, além do emprego garantido contará com outras vantagens que a carreira militar oferece.

Para maiores informações sobre as regras, etapas e curso de formação leia o Edital do concurso clicando aqui

Se você atende aos requisitos exigidos e deseja abraçar essa carreira prepare-se já, pois este é um concurso bastante concorrido que exige estudo e um preparo efetivo. 

Adquira já o KIT de apostilas para as provas de conhecimentos gerais, com todo o conteúdo exigido no Edital do Concurso. Este material contém, além da parte teórica, questões gabaritadas e provas de concursos anteriores que irão lhe ajudar a conhecer a dinâmica  das provas. Não perca tempo. 

Adquira, também, o nosso aplicativo. A mais nova ferramenta de estudo lançada pelo SENA PRÉ-MILITAR, de fácil utilização, com + de 100 mil questões divididas por conteúdo e disciplinas, incluindo questões dos concursos do Exército, Marinha, Aeronáutica e Forças Auxiliares e simulados, para treinar seus conhecimentos. Escolha abaixo o plano para utilização do aplicativo.

Plano Mensal - R$ 22,00
Plano Semestral - R$ 81,00
Plano Anual - R$ 146,00



Oferecemos, também, Ensino Presencial, em nossas Unidades de Ensino. Matrículas Abertas na Unidade de Teresina, Para maiores informações, entre em contato com a nossa central através dos canais de comunicação, informados abaixo.





quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Concurso para Sargento Técnico Especialista (CFS B) EEAer - Inscrições Abertas



Aeronáutica, abre com 279 vagas, um novo exame de admissão para a formação da segunda turma de 2019 para Sargento Técnico Especialista.

As inscrições estarão abertas até o dia 10 de setembro de 2018 no endereço http://concursos.eear.aer.mil.br. Valor da Inscrição 60,00.

Requisitos para participar do concurso: ser brasileiro (a) nato (a), ter entre 17 e 24 anos até 31 de dezembro de 2019 e ter o Ensino Médio concluído até a data da matrícula na escola, mediante aprovação no concurso que compreende quatro etapas seletivas: Provas de conhecimentos gerais de português, Matemática, Física, Inglês e Redação; Teste de Aptidão Física (TAF), Exames médico e psicotécnico.

A primeira etapa, com a realização das provas, acontecerá em 25 de novembro de 2018.

SOBRE O CURSO:

O curso será ministrado em Guaratinguetá/SP, onde o aluno estudará em regime de internato durante dois anos até sua formação, como Sargento Técnico Especialista, na especialidade que escolheu no ato de sua inscrição. Durante sua permanência na escola, como aluno, contará com diversos benefícios como estudo e formação gratuitos,moradia, alimentação, fardamento, assistência médica e odontológica, uma infraestrutura completa com áreas de lazer, féria anuais e um salário compatível com sua condição de aluno, na faixa de um salário mínimo para atender suas despesas pessoais. Após formado, além do emprego garantido contará com outras vantagens que a carreira militar oferece.

Para maiores informações sobre as regras, etapas e curso de formação leia o Edital do concurso clicando aqui

Se você atende aos requisitos exigidos e deseja abraçar essa carreira prepare-se já, pois este é um concurso bastante concorrido que exige estudo e um preparo efetivo. 

Adquira já o KIT de apostilas para as provas de conhecimentos gerais, com todo o conteúdo exigido no Edital do Concurso. Este material contém, além da parte teórica, questões gabaritadas e provas de concursos anteriores que irão lhe ajudar a conhecer a dinâmica  das provas. Não perca tempo. 

Adquira, também, o nosso aplicativo. A mais nova ferramenta de estudo lançada pelo SENA PRÉ-MILITAR, de fácil utilização, com + de 100 mil questões divididas por conteúdo e disciplinas, incluindo questões dos concursos do Exército, Marinha, Aeronáutica e Forças Auxiliares e simulados, para treinar seus conhecimentos. Escolha abaixo o plano para utilização do aplicativo.

Plano Mensal - R$ 22,00
Plano Semestral - R$ 81,00
Plano Anual - R$ 146,00


Oferecemos, também, Ensino Presencial, em nossas Unidades de Ensino. Matrículas Abertas na Unidade de Teresina, Para maiores informações, entre em contato com a nossa central através dos canais de comunicação, informados abaixo.






domingo, 1 de julho de 2018

CONCURSOS da Polícia Rodoviária Federal - Agente Administrativo


Polícia Rodoviária Federal (PRF) é uma instituição policial ostensiva federal brasileira, subordinada ao Ministério da Segurança Pública, cuja principal função é garantir a segurança com cidadania nas rodovias federais e em áreas de interesse da União. Assim, combate as mais variadas formas de crimes nas rodovias e estradas (não pavimentadas) federais do Brasil e também monitora e fiscaliza o trânsito de veículos, bens e pessoas.
Suas competências são definidas pela Constituição Federal no artigo 144, pela Lei nº 9.503/97 (Código de Trânsito Brasileiro), pelo Decreto nº 1.655, de 3 de outubro de 1995 e pelo seu regimento interno, aprovado pela Portaria Ministerial nº 1.375, de 2 de agosto de 2007.
Está presente em todas as unidades da federação e é administrada pelo Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF), com sede em Brasília/DF. Os estados são divididos em unidades administrativas chamadas de Superintendências Regionais, divididas em Delegacias, que coordenam as Unidades Operacionais (pontos de fiscalização).
Atualmente a PRF possui mais de 450 (quatrocentos e cinquenta) Unidade Operacionais de Policiamento (UOP) nos mais diversos municípios brasileiros, proporcionando à estrutura do órgão uma capilaridade que poucas instituições nacionais possuem.
Abaixo 
O Diretor-Geral da PRF, Renato Dias, apresentou ao Ministro Extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann, e a toda sua assessoria direta, a estrutura, projetos e necessidades prioritárias da instituição, bem como o norte que deseja alcançar. Dentre vários temas cobrados pelo chefe da corporação, estava a necessidade de novos agentes administrativos para PRF. “É um momento único e histórico de oportunidades para a segurança pública no Brasil. Estamos motivados e com disposição renovada para avançar e romper paradigmas, transpondo assim diversos gargalos que há muitos anos tem dificultado a superação desta crise que vivenciamos de forma macro na segurança pública e, também, de forma pontual na PRF: efetivo insuficiente, falta de servidores administrativos, falta de equipamentos de ponta tal como viaturas blindadas ou com cápsula de proteção e suporte operacional aéreo adequado, legislação da persecução criminal anacrônica, dentre outras”, disse Dias.
PRF quer 1.500 vagas administrativas

A intenção do Departamento da PRF é que, além das quase três mil vagas para o cargo de Policia, sejam criados também outros 1.500 cargos para a área administrativa. Além disso, há um estudo para o pedido de abertura de mais cargos para policial – e não somente as 500 vagas autorizadas -, o que poderia aumentar consideravelmente o efetivo da Polícia Rodoviária Federal.
O cargo de Agente Administrativo tem requisito de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio (antigo segundo grau), fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. A remuneração inicial do cargo chega a R$ 4.270,77, valor que já inclui o salário de R$ 3.812,77 e vale-alimentação de R$ 458. O último concurso nível médio da PRF foi realizado em 2014, sob organização da FUNCAB. Na ocasião, o certame contou com 216 vagas.
Vamos aguardar! Logo estaremos disponibilizando ais informações sobre este concursos e outros da esfera da Policia Federal.

CONCURSOS para a Polícia Federal - Agente Administrativo


Polícia Federal do Brasil ou Departamento de Polícia Federal (DPF), é uma instituição policial brasileira, subordinada ao Ministério Extraordinário da Segurança Pública, que, de acordo com a Constituição de 1988, exerce com exclusividade as funções de polícia judiciária da União. Além disso, atua na segurança pública para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas, bem como dos bens e interesses da União, exercendo atividades de polícia marítima, aeroportuária e de fronteiras, repressão ao tráfico de entorpecentes e contrabando.
A Polícia Federal, de acordo com o artigo 144, parágrafo 1º, da Constituição Federal, é instituída por lei como órgão permanente, organizado e mantido pela União e estruturado em carreira tendo sus sede situada em Brasília no Distrito Federal, havendo unidades descentralizadas (superintendências regionais) em todas as capitais dos estados da federação, bem como delegacias e postos avançados em diversas cidades do país. 
É comum considerar-se, erroneamente, que a Polícia Federal seja estritamente uma polícia judiciária. Diferentemente das polícias estaduais civis e militares, que possuem atribuições exclusivamente judiciárias (Polícia Civil) ou ostensivas (Polícia Militar), a Polícia Federal detém o chamado ciclo completo de polícia. Isto significa que a PF tem atribuições tanto de polícia ostensiva quanto de judiciária. Tal como a maioria das polícias de países desenvolvidos, a PF exerce as funções preventiva, investigativa e repressiva nos assuntos de sua competência.
Além dos cargos investigativos a Polícia Federal também oferece oportunidades na área administrativa para os cargos de Agente Administrativo oferecidos para candidatos de Nível Médio.
Abaixo confira as ultimas informações sobre as expectativas de abertura de concurso para Agentes Administrativos.
É grande a expectativa por um novo edital de concurso da Polícia Federal (Concurso Polícia Federal 2018) para o cargo de Agente Administrativo, requisito de nível médio. A função tem um alto número de cargos vagos, o que compromete o funcionamento de modo regular na PF. O último concurso foi realizado em 2013 e tem validade até este ano.
O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (PENAPEF), Luis Antônio de Araújo Boudens, informou recentemente que a Polícia Federal tem um déficit de 13.300 servidores. Desse quantitativo, 5.300 são do cargo de Agente Administrativo. O cargo tem exigência de Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. O salário inicial do cargo chega a R$ 4.270,77.
Nos últimos anos, quatro mil policiais deixaram o departamento em virtude de aposentadoria ou outros motivos, sem que esse quantitativo tenha sido reposto. E com o encolhimento do quadro, vem a sobrecarga. “Temos colegas trabalhando 12 por 12 horas nas fronteiras, porque não tem efetivo”, relatou. Para os sindicalistas, os reflexos de um efetivo maior poderiam ser sentidos até mesmo na Operação Lava-Jato, cujos especialistas não conseguem estimar um fim, tamanho o alcance dos esquemas criminosos. “Já teria solução, com a condenação ou não dos envolvidos. O processo é lento porque tem 30, 40 pessoas trabalhando em uma operação de uma grandeza, de uma magnitude dessas.
O cargo de Agente Administrativo realiza atividades de nível médio, de grande complexidade, envolvendo a apresentação de solução para situações novas, a necessidade de constantes contatos com autoridades de média hierarquia, com técnicos de nível superior e/ou contatos eventuais com autoridades de alta hierarquia e abrangendo planejamento em grau auxiliar e pesquisas preliminares realizadas sob supervisão indireta, predominantemente técnica, visando à implementação das leis, regulamentos e normas referentes à administração geral e específica; supervisão dos trabalhos que envolvam a aplicação das técnicas de pessoal, orçamento, organização, métodos e materiais executados por equipes auxiliares, chefia de secretarias de unidades da mais alta linha divisional da organização.

CONCURSOS para a Carreira Policial - PC /PF/PRF



As Polícias Civis são instituições históricas, tipicamente brasileiras, que exercem funções de polícia judiciária, nas unidades federativas do Brasil, cuja função é, de acordo com o artigo 144 da Constituição Federal de 1988, o exercício da segurança pública. 
As polícias civis são dirigidas por Delegado de Polícia de carreira, mas a denominação do cargo designativo da direção-geral pode variar de um estado brasileiro para outro, como Chefe de Polícia, Delegado Geral de Polícia ou Superintendente da Polícia Civil.
O Chefe de Polícia ou Delegado Geral preside o Conselho Superior da Polícia Civil, órgão colegiado de assessoramento superior integrado pelos Diretores dos Departamentos de Polícia.
Além dos cargos investigativos a Polícia Civil também apresenta a importante função do Agente Administrativo que abre oportunidades para candidatos de Nível Médio. 
Nesta página você poderá conferir os concursos em evidência.
É com grande expectativa que o Distrito federal aguarda  a abertura do Edital para o Concurso Público da Polícia Civil do DF. de acordo com o setor de comunicação da corporação, o edital contará com 2.100 vagas distribuídas entre os cargos de Delegado, Agente de Polícia, Agente de Custódia, Perito, Médico Perito, papiloscopista, e escrivão e os salários iniciais devem chegar a R$ 8.284,55, por até 40 horas semanais. 
Segundo o Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), a renovação é necessária porque o quadro de servidores da corporação está defasado em 50%. “Tivemos muitas aposentadorias e também é preciso fazer uma reposição contínua. O ideal seria termos 8,9 mil agentes. Hoje, no entanto, contamos com cerca de 4,5 mil, sendo que 300 estão no sistema penitenciário”, explicou o presidente da entidade, Rodrigo Franco.
Vamos, então aguardar a abertura deste edital. Logo estaremos disponibilizando outras informações sobre este e outros concursos da polícia Civil em todo o Brasil


CONCURSOS DAS FORÇAS AUXILIARES - Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar


As polícias militares e os corpos de bombeiros militares estaduais e distritais são descritos como forças reservas e auxiliares constitucionais do Exército Brasileiro. As forças armadas são forças federais subordinadas ao Ministério da Defesa. O Comandante Supremo das Forças Armadas é o Presidente da República.A polícia militar PM - segundo o conceito usado internacionalmente - é a corporação que exerce o poder de polícia no âmbito interno das forças armadas, garantindo a segurança, a ordem e a lei no seu seio. 

Um policial deve estar capacitado para assegurar o bem estar e a sociedade frente á aplicação das leis, tanto na prevenção quanto no judiciário.  O policial militar pode trabalhar tanto externamente quanto internamente em funções administrativas. 

Por serem Instituições de âmbito estadual exigem requisitos específicos de acordo com estado onde atuam, no concursos que são abertos.

Veja abaixo os concursos para ingresso nas Polícias Militares e Corpos de Bombeiro Militar abertos no Território Nacional.


INSCRIÇÕES ABERTAS: Até 24 de agosto de 2018 no site http://www.cespe.unb.br 
VALOR DA INSCRIÇÃO: R$ 95,00
NÚMERO DE VAGAS: 500
REQUISITOS BÁSICOS: Ser brasileiro (a); Apresentar Certificado de conclusão do Ensino Médio ou equivalente na data da matrícula; Idade compreendida entre 18 anos, na data do ingresso no curso de formação e, no máximo 30 anos, na data da publicação do Edital do concurso; ter altura mínima de 1,65m se do sexo masculino e 1,65m se do sexo feminino; ser habilitado (a) para conduzir veículos automotores, no mínimo categoria B, ou provisória para esta categoria.
DATA DA PROVA: 30 DE SETEMBRO DE 2018
EDITAL: Clique aqui para maiores informações sobre o certame
REMUNERAÇÃO: Como aluno, durante o período curso de formação de Praças: R$ 1.453,14. Depois de concluído o curso, R$ 3.744,47 na função de soldado combatente.

INSCRIÇÕES ABERTAS: Até 16 de julho de 2018 no site http://www.upenet.com.br
VALOR DA INSCRIÇÃO: R$ 135,00
NÚMERO DE VAGAS: 500
REQUISITOS BÁSICOS: Ser brasileiro (a); Apresentar Certificado de conclusão do Ensino Médio ou equivalente na data da matrícula; Idade compreendida entre 18 anos, na data do ingresso no curso de formação e, no máximo 28 anos, na data de inscrição no concurso; ter altura mínima de 1,65m se do sexo masculino e 1,65m se do sexo feminino; ser habilitado (a) para conduzir veículos automotores, no mínimo categoria B, ou provisória para esta categoria.
DATA DA PROVA: 26 DE AGOSTO DE 2018
EDITAL: Clique aqui para maiores informações sobre o certame
REMUNERAÇÃO: Como aluno, durante o período curso de formação de Praças: R$ 1.100,00. Depois de concluído o curso, R$ 2.819,88 na função de soldado combatente.

CONCURSOS da Marinha Mercante - CFAQ//EFOMM/ASON/ASOM

A Marinha Mercante Brasileira importante no processo de globalização e integração da economia mundial, com destaque para os serviços de transporte marítimo é responsável pelas atividades marítimas e fluviais de âmbito civil. Em tempo de guerra transforma-se numa força auxiliar da Marinha de Guerra. Como a Marinha de Guerra de Brasil, também oferece oportunidades de ingresso e plano de carreira a candidatos de ambos os sexos em seus cursos de formação.

Veja abaixo os concursos em evidência e, para maiores informações acesse os Editais de convocação para maiores informações.


A Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante - EFOMM é uma Universidade e centro de referência para a formação de Oficiais da Marinha Mercante altamente qualificados, não só do Brasil, mas também de jovens, cujo país de origem, não tenha uma Escola de Marinha Mercante ou, para jovens cujo país de origem possua intercâmbio de alunos, como Peru, Panamá, Equador, República Dominicana, etc. O Brasil atende como referência para a América Central, América do Sul e Parte da África. Isso atesta o nível de capacitação profissional a que o Oficial brasileiro se lança no mercado.
Na EFOMM são formados Oficiais em duas opções de curso: o de Náutica e o de Máquinas. Tanto no curso de náutica quanto no de máquinas, os alunos estudam na Escola em regime de internato durante 3 anos. Os cursos de formação são ministrados pelo CIAGA (Centro de Instrução Almirante Graça Aranha), localizado Rio de Janeiro/RJ e pelo CIABA (Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar, localizado em Belém/PA.
A primeira etapa seletiva de 2018, com a realização das provas de conhecimentos gerais acontecerá entre os dias 18 e 19 de agosto de 2018. Para maiores informações sobre o concurso leia o Edital clicando aqui.